segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Então é Natal Por Riva Moutinho

Vídeo Merry Christmas

Música John Lennon




Natal celebra o nascimento de Jesus... Bom, ao menos, deveria celebrar.

No entanto o capitalismo que rege o mundo transforma qualquer coisa em consumismo. Dá e receber presentes é ótimo, mas que não percamos as coisas simples da vida. Que não percamos a importância de se dar um abraço ou um beijo. Que não percamos a importância de nos importarmos com o outro em sinceridade.

Líderes bestiais assassinaram inocentes ao longo da história. O saldo de qualquer guerra sempre foi e sempre será negativo. Líderes estúpidos conseguiram, ao longo dos tempos, aniquilar o respeito à vida humana. Que o diga Hitler, Stalin, Saddam Hussein, Bin Laden...

A guerra civil aniquila a África. Babacas utilizam a fragilidade do povo pela religião no Oriente Médio e explodem idéias de paz. Idiotas revolucionários mantêm em cárceres reféns na Colômbia. Egocêntricos tolos desejam o poder autoritário na Bolívia, em Cuba, na Venezuela. Líderes ufanistas americanos se dão o direito de fazerem o que bem entenderem com a vida de pessoas de outros países. Torturas na Rússia, no Brasil, perseguições e morte na China. Crianças e mais crianças famintas, morrendo, na África e em todo o mundo.

Então é Natal... capitalista. Mesa farta e cheia enquanto os ensinamentos do aniversariante são esquecidos... rigorosamente.

O amor ao próximo, o respeito pela vida, o pensar pelo cuidado... Nada disso parece importar mais, nada disso parece fazer parte da educação dos pais aos seus filhos, nada disso parece ter significado.

Então é Natal... hipócrita. Em todos os demais dias do ano, muitos permanecerão buscando levar vantagens em tudo, descobrindo um jeito mais fácil de se dar bem na vida, passando o próximo para trás.

Não sou contra o natal, apenas acho que precisamos repensar sobre certos valores/significados na nossa vida que o mundo os retira, com aval nosso, com extrema facilidade.

Comemore o Natal, mas não seja “bonzinho” apenas um dia no ano... Existem muitas pessoas precisando de você nos outros dias.

BH 21/12/2007

sábado, 22 de dezembro de 2007

E-Book Crônica da Matrix - O Reino Heu´s

Clique na imagem
para visualizar o E-Book

Já está disponível para visualização e/ou download

o primeiro E-Book de Riva Moutinho

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

II Encontro de Mentores do Caminho da Graça - Brasília - junho 2007 -


Marcelo Quintela



segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

JUNTA II - Dezembro / 2007


quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

A DESGRAÇA DO CUPIM HUMANO!

Caio Fábio


Enganoso é o coração. Desesperadamente corrupto”.

Assim diz Deus aos homens pelo profeta!

Para alguns são palavras demasiadamente fortes e pessimistas. No entanto, quem honestamente, olhando para o homem e sua produção, vendo os resultados de suas ambições sendo explicitadas pelo gemido da criação e o grito da Terra, pode negar que o profeta esteja falando palavras da mais crua verdade?

“Coração” aqui é o sentir autônomo do homem!

Sim! O sentir auto-suficiente do ser humano é “desesperadamente corrupto”.

É cheio de engano e de auto-engano. É possuído pelo espírito da dissimulação, da imagem, da aparência e da máscara a fim de tentar encobrir o que ele de fato sente, deseja e almeja.

Até os nossos melhores sentimentos vividos por nós como virtudes, são ainda cheios de engano e mentira.

sábado, 8 de dezembro de 2007

Email: Oração por um anjinho


From: ORAÇÃO POR UM ANJINHO
Date: 05/12/2007 08:24
Subject: sobre a minha fllha
To: contato@caiofabio.com


Oi, Caio,

Graça e Paz.

Aqui é o Léu, do Caminho, que começou os trabalhos com os adolescentes aí e que agora está morando em Goiânia a trabalho.

Caio, eu teria mil formas de contar isso pra você, mas acho que vou optar pela mais direta: há cerca de um mês eu e algumas pessoas próximas à Luísa, minha filha, viemos notando a perda de habilidades que ela já tinha há bastante tempo e também perda da coordenação. Eu estava no trabalho, mas a mãe e a avó dela a levaram no oftalmologista que não detectou nada e depois no neurologista, que detectou uma 'mancha' na tomografia. Encaminhou pra ressonância que detectou uma lança no meu coração: Ela está com um tumor atrás do cerebelo.

O tumor é grande, tem 4x3 cm e está numa área onde não se pode fazer cirurgia (o cerebelo controla respiração e batimentos cardíacos). O tratamento proposto pelo grupo de onco-pediátras é radioterapia associado à quimioterapia.

Ela já está tomando corticóide e o tratamento deve começar no mais tardar segunda feira. Pressionado por minha mãe, um dos médicos acabou dizendo que a experiência dele em 07 anos foi de ver três anos de convivência com o câncer.

Domingo eu estava no culto, pois vim pra Goiânia só segunda. Teve aquele momento de oração e eu senti que era um cuidado de Deus. Eu tenho orado pedindo a cura milagrosa, porque as mãos humanas estão completamente atadas.

Me diz algo, pastor! Eu tô sofrendo demais.

______________________________________

Meu mano amado Léu: Graça e Paz; a que excede a todo entendimento!

O que posso eu dizer?

Li sua carta ontem e não consegui mais trabalhar. Me deu um forte dor de cabeça e eu parei. Hoje tentei escrever, mas não pude. Adriana e minha filha Juliana ouviram a história e ficaram abaladas. Hoje Juliana me perguntou se eu já havia respondido. Disse a ela que estava orando. Tendo um netinho levado correndo pela casa e pelo jardim o dia inteiro, fazendo bagunça até tarde da noite, desde que sua carta chegou toda vez que olho para ele penso em sua filha; e oro.

Vocês têm que decidir as coisas. Eu posso apenas dizer qual seria a minha tendência se o filho fosse meu e vivendo sob as mesmas circunstancias e com a mesma idade.

Minha tendência meu irmão seria a de não submetê-la ao tormento do tratamento pesado até para adultos.

Sim! Exceto por clara orientação de Deus a mim, o que faria seria curti-la com todo amor, dando a ela tudo que eu pudesse de tempo, atenção e investimento de vida.

Daria tempo, alegria, amor, e muitos e muitos beijinhos e muita atenção, dando a ela todas as chances de passeios, de variedade de emoções e, sobretudo, investiria muita fé em tudo, especialmente quanto a estimulá-la a crer e amar o Senhor.

Quanto ao mais, sem neurose, oraria muito com e por ela. Sim! Imporia as mãos sobre ela com a mãe dela todos os dias, e oraria a oração do amor sereno e confiante.

Somente o Senhor pode dizer o que acontecerá. Porém, o que eu faria seria isto: não a submeteria às penas de um tratamento esmagador e que em si já reduz a qualidade de vida da criança, sendo que, humanamente falando, as chances são pequenas. Portanto, eu preferiria dar a ela um tempo de vida com vida e não com hospitais e tratamentos de aplicação duvidosa quanto a se aumentam ou tempo de vida ou se reduzem ambas as coisas: o tempo e a qualidade de vida.

Gostaria de orar por ela e com ela. Por ela estou fazendo. Mas, quando você vier aqui ou eu for à Goiânia, desejaria muito poder impor as mãos sobre ela em nome do Senhor.

Léu amado: aqui deito minhas lágrimas. Aqui entrego ao Senhor a nossa impotência. Aqui me uno a você com todo amor. Porém, aqui declaro minha impotência e minha esperança.

Vou publicar no site a sua carta na expectativa de que muitos outros sejam tocados por Deus quanto a intercederem pela sua filhinha.

Estou aqui mano!

Com oração e com todo carinho!


Nele, que deu a cada um de nós o tempo de existência que é pleno Nele,



Caio

07/12/07
Lago Norte
Brasília
DF

******************************

Por favor, orem.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

A VEM & VÊ TV está entrando no ar...




Para saber mais informações, clique aqui

Para assinar, preencha a ficha cadastral no site Caio Fábio: clique aqui

NÃO FIQUE DE FORA!!!

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

VIAGEM A ISRAEL COM CAIO FÁBIO - FEVEREIRO


VIAGEM A ISRAEL COM CAIO FÁBIO

Inspiração, conhecimento, história, arqueologia, geografia, interpretação e significado do Evangelho e reflexão sobre “O Fim dos Tempos”.

Durante os dias do carnaval no Brasil iremos a Israel e lá aproveitarmos a viagem visitando tudo com calma e muito tempo para a Palavra e a Reflexão.

Quem já foi pode contar o significado dessa viagem. E esta em especial será diferente, pois estamos reservando três vezes mais tempo para cada lugar do que o normal.

Venha e veja!

Você nunca mais será o mesmo!

Após ler o Roteiro da viagem veja sobre os preços e as condições de pagamento que a Best Travel poderá oferecer a você no máximo até o dia...

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Segue-me tu!

Por Henrique Willer

Amado caminhante, Paz!

Penso que urge cada vez mais uma reflexão profunda acerca dos múltiplos e profundos desdobramentos existenciais da Graça de Deus, ou seja, na ambiência em que ela acontece (ou, pelo menos, deveria acontecer), que é o coração.

Meu desejo sincero é que estejamos libertos do que denomino enquanto uma espécie de “síndrome da alteridade”, que nada mais é do que o retrato perverso de alguém que se preocupa em demasia com o outro, mas que não dá conta – ou não quer, ou algo além disso – de olhar para dentro de si mesmo, e dizer: “o que é isso que me habita”?

Neste sentido, precisamos, como diz Paul Rabinow, ser “antropologizados”, no sentido de uma postura que revele uma espécie de auto-estranhamento de nossas posturas e atitudes, ao invés de considerar que o “exótico”, o “estranho”, o “esquisito” é o outro.

Digo isso porque me pré-ocupo com posturas ditas “zelosas”, mas que, no fundo, são...

domingo, 25 de novembro de 2007

O Deus espelho meu espelho meu

Por Marcelo Quintela

Amigos queridos, prestem atenção, por favor:

Ou JESUS se torna logo QUEM Ele é em nós, por nós e para nós;

Ou Ele será cada vez mais O QUE a gente inventar acerca dele.

Porque o nosso "Deus" a gente inventa pra se distrair! E a gente já inventou cada coisa feia, que não beira nem a uma caricatura Dele! - basta folhear as narrativas dos evangelhos que flagraram DEUS CONOSCO e o testemunharam "o Ser igual a Deus... aparecendo em figura humana", Deus em "plena forma", no ápice da Sua revelação acerca de Si mesmo, mostrando a cara... Deus "adulto", Deus completo, inteiro, definitivo, Deus todo, Deus de frente, Deus em carne, Deus à imagem e semelhança de Deus! - O Evangelho!

Entretanto, a Religião Cristã tem um "Deus" a sua imagem e semelhança!

Um "Criador" criado conforme...

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

FRATERNIDADE NO CAMINHO

Por Caio Fábio

Logo que decidi voltar a pregar, ainda em agosto de 2000, na comunidade da Urca, na qual minha mulher servia como pastora há anos, ajudando nossos amados Cúrcio e Silvinha — eu jamais esperava estar iniciando um processo que tomasse as formas e dimensões que tomou.

Paulo Leite, fiel amigo e Presidente da Igreja Congregacional no Brasil, bem como o Pr Washington Souza, que me convidava semanalmente para dar uma entrevista no programa de televisão dele na Band quando o Dilúvio passou, foram pessoas da primeira hora, e sem nenhum interesse além da amizade.

Assim...

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

“VEM E VÊ TV” – Agora é pra valer! Participe já!

um pedido de Caio Fábio a cada um


clique no banner acima

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

HOJE


LEITURA DO NOVO TESTAMENTO: cada pessoa no Caminho deve fazer a leitura do N.T. conforme a seqüência que se segue, sem leitura orientada, a fim de que cada um, de si mesmo, verifique o significado do Evangelho sem as leituras pré-condicionantes aprendidas na religião...

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

POMBAS E SERPENTES: para além do paradoxo!

Por Caio Fábio

O ensino de Jesus parece sempre estar cheio de paradoxos.

Ele chama à mansidão, e louva a quem tem sede de justiça; ao mesmo tempo em que avisa acerca da ansiedade, enquanto convoca a que se vigie; manda que se ore sem cessar, descansando Nele; que é manso e humilde de coração, ao mesmo tempo em que não veio trazer paz, mas sim espada.

É como curar o mudo e pedir que ele não diga nada a ninguém! Isto enquanto concede uma paz que o mundo não conhece, e faz isto em meio a aflições, exortando a que nosso coração não se turbe jamais, mesmo quando dias horríveis cheguem sobre a Terra, os quais, inevitavelmente chegarão. É como curar o gago e pedir que ele seja discreto!

Por essa razão...

domingo, 11 de novembro de 2007

Temos um tesouro para oferecer...

Por Chico Pacheco

Esses dias, tenho meditado muito na ausência de identidade (verdadeiramente) cristã em nosso meio. E o que vejo?! Vejo que muitos são os que se receiam em reconhecer a própria fisionomia e a própria identidade como modificadas (cf. 2Co 3.12-18) pela missão de iluminar, abençoar, vivificar, levantar, curar, libertar, dar sabor... – enfim, doar-se! – conforme é o Espírito do Evangelho. Muitos são os que não sabem qual identidade carregam na existência, e por isso optaram dês-graça-damente pela mediocridade como estilo de vida – já que a vocação natural da alma é para a idolatria – , e de tão adoecidos que estão, não mais entendem que a maior maldição desta vida é viver a vida que não é a nossa.

Ah...!!! São muitos os que não sabem de que espírito são, que ainda não se entenderam como suprimento da Graça aos outros, como uma pitada de Deus para dar sabor no mundo. Muitos são ainda os que não vivem de maneira digna da vocação que receberam, pois têm medo de crer (e acreditar) que nasceram com um propósito divino. São muitos os que não se (re)encantam mais com o fato de que o existir é fruto de...

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

O sentido da Oração

Por Caio Fábio

Oração tem que deixar de ser um rito, e passar a ser um estado interior.

As pessoas têm tanta dificuldade para separar um tempo para orar apenas porque não oram o tempo todo.

A oração precisa ser a conversa da alma consigo mesma na presença de Deus, e a conversa da alma com Deus enquanto fala de si mesma.

Ora, isto pode acontecer em todo o lugar, pois esse "ambiente" é móvel. É no caminho, é enquanto se está indo... e vivendo...

Quando a mente se habitua a pensar diante de Deus—qualquer pensamento—, e existe consciente de que sua essência se alimenta de Deus, todo e qualquer tempo, o tempo todo, é oração.

Deve-se orar sem cessar, e isto só é possível se a vida não tiver que...

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

SOBRE A CAUSA HOMOSSEXUAL, A JUSTIÇA DE DEUS E AS BANDEIRAS DA IGREJA

Por Marcelo Quintela


"Sobre a vida que não vivi;

Sobre a morte que não morri;

Sobre a morte de outro, a vida de outro,

Minha alma arrisco eternamente."


I


O inferno para qual mandam os homossexuais é o mesmo no qual habitarão todos os chamados "injustos", conforme I Coríntios 6.


Sim, "não herdarão o Reino": os impuros (sabe aquele pessoal que se contamina com tudo que sai de dentro de si mesmo?), os adoradores de outros deuses (sejam os que adoram as figuras do panteão romano ou hindu, sejam os que idolatram Mamom - deus da mais “afortunada” teologia evangélica), os adúlteros (aqueles que mesmo “ao olharem para uma mulher com intenção impura no coração já adulteraram com ela"), além dos que roubam – os trapaceiros e oportunistas, dos que maldizem despudoradamente, dos que se embriagam e se entregam aos excessos, dos que cobiçam e não repartem (melhor escrever assim, porque o termo 'avarento' ninguém admite, ninguém o é, até porque a avareza também cega a percepção de quem só vê o umbigo...), e claro, puxando a fila, os gays, lésbicas e simpatizantes! – numa verdadeira marcha rumo a justa condenação!


Percebam que essa relação de Paulo contém...

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Ceia no Caminho neste domingo


NO CAMINHO DA GRAÇA, TODOS, NÓS
ENCONTRAMOS COM DEUS E COM A SUA GRAÇA,
E JUNTOS CELEBRAMOS!


CEIA NO CAMINHO: neste DOMINGO (04/11), A PARTIR DAS 19H15, nos reuniremos para celebrar a CEIA DO SENHOR. Um momento precioso em que todos recebemos Vida e repartimos vida!

PARTICIPE COM GRATIDÃO!
Venha celebrar a fé naquele que é o CAMINHO!
ENCONTRO, CONVIVÊNCIA E CELEBRAÇÃO!

Todos são mais que bem-vindos para celebrarmos O PÃO DA VIDA, que a nós foi dado pelo PAI ETERNO. A riqueza desta celebração está em nos encontrarmos uns com os outros e com o CORDEIRO SANTO, e juntos, partir o pão, beber o vinho, repartir nossas vidas e nos edificarmos nEle.

Este é meu sangue vertido por ti,
Que traz Salvação e Liberdade.
Tomai e bebei, e quando o fizeres,
Faze-o em memória de Mim...

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

EMAIL: Falando de "falos" ou do que se pode fazer dele

Por Henrique Willer


----- Original Message -----
From: Henrique Willer
To: Paulo
Sent: Wednesday, October 24, 2007 1:58 AM
Subject: Falando de "falos", ou do que se pode fazer dele....

Paz e graça

Caro Henrique devido ao grande número de trabalhos de faculdade da Adriana nossa mentora digamos assim estamos dando um tempo para ela se atualizar e assim que retornarmos, marcaremos esse encontro.

abraços

Aproveitando a oportunidade, conheci um cara prefiro não citar nome, que foi ao encontro no sítio que vocês fizeram esses dias, ele me passou que sobre o tema da homoxessualidade vcs consideram que se for por amor, tudo é válido, ele não entendeu errado?

para ler a resposta, clique aqui

sábado, 27 de outubro de 2007

JUNTA... na ressaca da Confraternização

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Experiência de Deus

Por Ed René Kivitz

Philip Yancey, jornalista, é um dos mais premiados escritores cristãos da atualidade. Em seu livro O Deus (in)visível , você vai encontrar as seguintes afirmações: “buscar o Espírito é como procurar os óculos estando com eles (...) o Espírito é com mais precisão aquilo pelo qual percebemos, não aquilo que percebemos: é quem abre nossos olhos para destacar as realidades espiritu-ais subjacentes”. O que ele está dizendo é que a maioria de nós encara a vida como uma laranja, e pensa que Deus é um dos gomos. Funciona mais ou menos da seguinte maneira: assim como interagimos com o trabalho, o lazer, o dinheiro, as pessoas, o corpo, a igreja, e por aí vai, também interagimos com Deus – Deus é uma das nossas interações. Mas esta é uma concepção errada da realidade. O correto é compreender que Deus está por trás de cada uma das nossas interações. Deus está presente em cada uma das realidades com as quais convivemos, e, inclusive nós mesmos, estamos imersos em Deus. Todas as nossas interações são mediadas por Deus. A única relação imediata que temos é com Deus (imediato, do lat. immediatu, que não tem nada de permeio), todas as outras são mediatas (mediato, do lat. mediatu, que está em relação com uma coisa por intermédio de uma terceira; indireto). Isso significa que um sabiá somente fará sentido quando entre nós e ele Deus estiver presente; a seqüência de dias e noites fará sentido apenas quando Deus tomar parte no dia e na noite. O mundo somente faz sentido quando mediado por Deus, quando entre nós e o mundo, Deus estiver no permeio. O encontro com Deus deve ocorrer “não ao lado, dentro ou acima do mundo, mas justamente com o mundo, no mundo e através do mundo. Deus somente é real e significativo para o ser humano se...

terça-feira, 23 de outubro de 2007

o maior É O QUE MAIS SERVE

Por Marcelo Quintela

Nele (Jesus) a gente aprende que a diaconia é ato cotidiano e relacional, e não produto de uma função setorizada com hora marcada em lugar específico, durante certo evento promovido, conforme escalas pré-estabelecidas.

Nele, o maior é o que mais serve em amor!

No Serviço, o maior tem o tamanho de uma criança (Lucas 9.46);

...o maior é João Batista, que nasceu 'servo' e morreu 'servido' numa bandeja;

...o "maior" é o bom samaritano que nem sabia que estava servindo a Deus, pois só fazia o seu próprio caminho;

...o "maior" é a prostituta curvada que ministrou com lágrimas o banhar de Seus pés e os enxugou com os cabelos;

...o "maior" são as anônimas mulheres que o serviam com seus bens;

...o "maior" é o que veste Jesus e o visita na cadeia, e não os que em nome dele operam milagres e expulsam demônios, sem contudo nada amar senão a si próprios, seus ventres e contas correntes!

Marcelo Quintela é supervisor geral do Caminho da Graça e mentor do Caminho da Graça Estação Santos

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

O mistério que não pode ser desprezado

Por Carlos Bregantim

Jesus de Nazaré disse; “...pois onde estiverem dois ou três reunidos em meu Nome, ali estarei Eu com eles...” ( Mateus 18.20). Pois bem, diante desta afirmação, ninguém pode desprezar o mistério de um encontro entre três pessoas. Digo mistério, pois, nenhum de nós é capaz de entender o que é isto pra valer, isto é, a presença de Jesus entre nós. O que podemos é nos reportar ao relato dos evangelhos e viver na mesma expectativa daqueles que gozaram do privilegio da presença física de Jesus entre eles. O que lemos é que, em Ele estando presente, as possibilidades de festa, cura, libertação, restauração, aproximações e reaproximações, reconciliações e até mesmo ressurreição é um fato. Portanto, NÃO DESPREZE O MISTÉRIO DOS PEQUENOS ENCONTROS. Embora, o fascínio pelos grandes ajuntamentos é que domina o universo religioso destes tempos confusos, insisto, HÁ UM MISTERIO NO ENCONTRO ENTRE DUAS OU TRÊS PESSOAS. Não o despreze. Os pequenos encontros possibilitam...

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Ascensão sem trégua das testemunhas

Por Paulo Brabo

O verdadeiro gancho entre a conclusão do evangelho de Lucas e a abertura do livro de Atos dos Apóstolos não está na promessa do derramamento do Espírito (Lucas 24:49, Atos 1:4,5) nem na ascensão de Jesus (Lucas 24:51, Atos 1:9). Para Lucas, autor dos dois livros, o elo espiritual entre as atividades de Jesus e as iniciativas dos apóstolos pode ser expresso numa única palavra-chave: testemunhas.

Os primeiros parágrafos de Atos são uma recapitulação estendida das cenas finais de Lucas. Jesus reitera que os apóstolos permaneçam em Jerusalém até que “recebam poder do alto”, depois do que deverão “ser minhas testumunhas em Jerusalém, Samaria e até o confim mais remoto da terra”.

A chave para a compreensão desta ênfase está nos versos finais do evangelho de Lucas. Jesus, ressucitado, apresenta-se de forma palpável aos discípulos (”vejam, um fantasma não têm carne e osso, como vocês vêem que eu tenho”) e come com eles. Então, antes de partir, o rabi da Galiléia explica-lhes...

continue lendo

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

O Reino é Simples


O Reino é Simples!

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

I Confraternização do Caminho da Graça Estação BH

com o Pr. Carlos Bregantim


quarta-feira, 10 de outubro de 2007

O que é o Caminho?

Por Caio Fábio


O Caminho é mais que um lugar ou um clube de iluminados. Trata-se de um movimento de subversão do Reino de Deus na Terra. Por esta razão, “o Caminho” é feito de gente chamada a assumir seu papel de sal que se dissolve e some para poder salgar; de fermento que se imiscui na massa e desaparece a fim de subverter; de pequena semente que se torna grande e generosa árvore que a todos acolhe; de Casa do Pai para os filhos Pródigos e também para os Irmãos Mais Velhos que se alegrarem com a Graça do perdão; e um ambiente espiritual no qual até o “administrador infiel” possa se consertar, e, assim, tentar fazer o melhor do que restou.

No Caminho todos são irmãos, e ninguém é juiz do outro. Assim, ajudam-se, mas não se esmagam uns aos outros, posto que no Caminho todos caem e levantam, todos se enfraquecem, mas não desanimam, todos são humanos, e, com humanidade são tratados, conforme o Dogma do Amor.

Desse modo, “os do Caminho” andam no mundo, no chão da terra, em meio à sociedade humana; e isto sem fazer propaganda religiosa, mas, antes e sobretudo, “sendo” povo de Deus entre os homens vivendo mediante a “fé que atua pelo amor”.

Jesus nunca quis fundar uma religião. Nada foi mais danoso para a genuína fé do que terem-na feito tornar-se uma religião, entre as demais.

Seguir Jesus é aceitar um modo de ser, é assumir como vida as Suas palavras, e é dar testemunho do Evangelho não como uma “estratégia de evangelização”, mas sim como a natural vocação da Vida em Cristo.

O “Caminho da Graça” é a simples busca de viver o Evangelho com tal consciência entre os homens. Nada mais e nada menos do que isto!

Portanto, se o que você aqui ler for algo que receba o testemunho interior do Espírito Santo como sendo verdade conforme o espírito do Evangelho, então, una-se àqueles que desejam apenas andar conforme o chamado original dos “do Caminho”, conforme o livro de Atos.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

... Em Paz

Por C. Wesley

Procurei motivos que me fizessem chorar
Mas não encontrei lágrimas que pudesse derramar
E os motivos os quais encontrei não me deram senão alegria
Descobri que diante deles estou em Paz

Procurei uma música que me trouxesse a melancolia
Mas não encontrei minha alma disposta à dor
E a melancolia que encontrei não me trouxe outra coisa senão ternura
Descobri que diante dela estou em Paz

Procurei um poema que me trouxesse a nostalgia da saudade
Mas não encontrei em mim o desejo de olhar para trás
E a saudade que não encontrei não me trouxe outra coisa senão a leveza do presente
Descobri que diante dela estou em Paz

Procurei nos olhos de uma garota a vontade de amar
Mas não encontrei no meu ser razão de encontrar do lado de fora o que está do lado de dentro
E o amor que encontrei não trouxe vontade de começar, apenas de continuar amando
Descobri que amo a vida em Paz

Procurei mil razões para chorar um pouco
E a brisa me veio como um sopro de bondade
Trouxe Paz, e me reconciliou à ela quando ainda estava angustiado
Descobri que estou em Paz comigo mesmo, e com Deus

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

A Revolução do Sal

Por Carlos Bregantim

É quase uma afronta descrever ou pelo menos citar algumas das propriedades do sal, pois, todos o sabemos bem. Temperar, preservar, dar sabor, isto é, não permitir que o alimento seja insosso, sem gosto. Também é quase um desrespeito ao leitor lembrar que, encontrar uma pelota de sal em meio à refeição é horrível, desfigura o paladar, não se sente o sabor do alimento, mas, a sensação acida, forte, que muitas das vezes, inclusive, se a quantidade de sal for grande, perde-se o apetite.

Sabe-se também, claro, não há novidade nisto que, sal em quantidade adequada provoca aquela sede natural, mas sal em quantidade exagerada provoca uma sede anormal. Bem, isto pra dizer que, o sal precisa ser em quantidades adequadas, e, quanto menos for visto, sentido, melhores os sabores, os aromas, os gostos. Significa dizer que...

domingo, 7 de outubro de 2007


NO CAMINHO DA GRAÇA, TODOS, NÓS
ENCONTRAMOS COM DEUS E COM A SUA GRAÇA,
E JUNTOS CELEBRAMOS!


CEIA NO CAMINHO: neste DOMINGO (07/10), A PARTIR DAS 19H15, nos reuniremos para celebrar a CEIA DO SENHOR. Um momento precioso em que todos recebemos Vida e repartimos vida!

PARTICIPE COM GRATIDÃO!
Venha celebrar a fé naquele que é o CAMINHO!
ENCONTRO, CONVIVÊNCIA E CELEBRAÇÃO!

Todos são mais que bem-vindos para celebrarmos O PÃO DA VIDA, que a nós foi dado pelo PAI ETERNO. A riqueza desta celebração está em nos encontrarmos uns com os outros e com o CORDEIRO SANTO, e juntos, partir o pão, beber o vinho, repartir nossas vidas e nos edificarmos nEle.

Este é meu sangue vertido por ti,
Que traz Salvação e Liberdade.
Tomai e bebei, e quando o fizeres,
Faze-o em memória de Mim...

sábado, 6 de outubro de 2007

Pregação do Pastor Caio Fábio




Se você deseja saber mais informações sobre o Caminho da Graça
entre em contato através dos email´s ou telefones
localizado na página principal do Blog


sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Teus altares

Por Jorge Camargo

O Salmo 84 é um de meus textos preferidos das Escrituras. De sua leitura constante até a canção foi um salto.

O ano em que escrevi essa melodia, coincidentemente, foi o de 1984.

Lembro-me vividamente de estar sentado sobre o tapete da sala que também havia sido meu quarto por muitos anos. À medida que a melodia se encaixava na harmonia simples, a emoção aumentava, e lágrimas corriam por sobre a minha face.

A batida que eu utilizava me fazia lembrar “Meu Bem Querer” do Djavan, que...

> continue lendo

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

A PESQUISA DE JESUS

Por Caio Fábio

Quem a multidão diz que eu sou? — indagou Jesus de Seus discípulos enquanto andavam na direção do Monte Hermon, no Norte do país, até a cidade de Cesareia de Felipe, erguida no sopé da montanha.

Responderam eles: Uns dizem que é João, o Batista; outros, Elias; outros, Jeremias, ou algum dos profetas. Mateus 16:14

Ora, entre a classe educada e culta dos judeus, o que se dizia de Jesus era que Ele era louco, endemoninhado, samaritano surtado, blasfemo, demolidor do Templo, destruidor da Lei, transgressor dos costumes, e um...

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Como seria minha vida se eu não acreditasse em Deus

Por Ed René Kivitz

Outro dia me surpreendi me perguntando como seria minha vida se eu não acreditasse em Deus. Em termos positivos, quis saber a respeito da função de Deus em minha vida (já sei, você vai dizer que reduzi deus a uma coisa e estabeleci com ele uma relação mecânica e funcional, mas deixa pra lá, você vai ver que não é isso, só estou usando a melhor palavra que achei). O primeiro impulso foi na direção da questão ética: Deus é minha matriz de certo e errado, bem e mal. Há muita coisa que faço e deixo de fazer na vida por acreditar que Deus é um padrão a ser seguido ou obedecido, não necessariamente por causa de Deus em si, mas a bem de quem o obedece ou segue: algo como seguir as orientações de um manual de instruções – você pode fazer do seu jeito, mas a coisa não vai funcionar, e o resultado não é que o manual vai ficar triste ou bravo com você, mas que a coisa não vai funcionar mesmo.

Logo depois desta conclusão rápida, me pareceu óbvio que Deus não seria a única alternativa para que eu tivesse uma orientação ética: os ateus e agnósticos também têm sua ética. O passo seguinte foi imaginar que outra função Deus ocuparia em minha vida além da referência ética.

Provavelmente você afirmaria o óbvio: Deus é aquele que cuida de mim, me protege, provê para o meu bem e minha felicidade. Embora eu acredite nisso, na verdade...

terça-feira, 25 de setembro de 2007

A Religião da Maldição

Por Riva Moutinho

Leia GÁLATAS 3

Maldição: Ação ou efeito de amaldiçoar ou maldizer, de expressar, por meio de palavras solenes, que refletem ódio, cólera, aversão ou reprovação, o desejo de que algo ruim aconteça a (alguém ou algo).(FONTE: Dicionário Eletrônico Houaiss)


“É a ação efetiva de um poder sobrenatural, caracterizada pela adversidade que traz, sendo geralmente usada para expressar o azar ou algo ruim na vida de uma pessoa. Antigamente era algo semelhante a um "Feitiço" ou Encantamento", mas que só causa o mal à pessoa.”
(FONTE: Wikipédia)


Teria Deus entregado ao homem o poder de falar mal a alguém, a fim de que o mal fosse realizado? Teria Deus criado uma exceção ao sacrifício de Cristo na cruz, de maneira que as ditas maldições hereditárias continuem a perpetuar mesmo após o indivíduo reconhecer que Cristo reina na sua vida? Teria Deus falhado na Graça de maneira que processos chamados de Quebra de Maldição precisariam ser realizados periodicamente para a obtenção de uma vida melhor?

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

O Milagre é a vida

Por Caio Fábio

Quem não discerne que o milagre é a vida, e que o resto que de bom seja, é apenas força e alegria para viver — nunca aprenderá a viver nesta terra de nascimentos chorados, de gozos doídos, de partos arrancados, de uniões entre espinhos; e de necessidade de paciência e perseverança em amor, assim como se necessita de pão, água, ar e calor.

No domingo, já tarde para uma casa em saudade, uma moça veio aqui e entrou no quarto de minha mãe e jogou-se em cima dela, que dormia, dizendo: “Como eu vou viver sem ele?” E gritava isto com insistência, assustando minha mãe. Eu peguei a moça e a levei para a garagem da casa e conversei com ela.

“Você não sabe o que é ficar sem ele!...” — me afirmava ela, que vinha aqui de tempos em tempos, e apenas quando não tinha outra alternativa, em razão da escolha suicida que ela fez e que mantém: viver cheirando pó.

Eu não sei o que é ter que viver sem ele...

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Em nome de Jesus

Por Paulo Brabo

Nossa impenitente capitulação à magia


O drama dos testamentos representa, em muitos sentidos, um árduo esforço divino para eliminar da mente humana a idéia de magia: a noção de que, através de fórmulas mágicas ou procedimentos estabelecidos, Deus ou o universo podem ser manipulados para atingirmos o objetivo que temos em mente.

Desde a primeira página, um dos traços mais distintivos do Deus das Escrituras é que ele não faz barganhas. Não há ritual ou palavra mágica que possa torcer o seu braço a fazer o que queremos. Se Deus conceder o que pedimos será reflexo da sua magnanimidade e da...

terça-feira, 18 de setembro de 2007


Estudo sobre o livro de Marcos

Venha e traga um convidado!

A Peregrinação dos Cristãos Pós-Modernos

Por Carlos Bregantim

Não vou tentar definir o que é pós-modernidade. Há tantas definições que, certamente, cada um de nós, já ganhou a idéia do que isto significa. Alguns itens se destacam, pois, permeiam toda sociedade em seus mais variados segmentos. O pluralismo. A ausência de absolutos. As relações superficiais, liquidas, vaporosas, conquanto, ao mesmo tempo, intensas e sem limites. Sobretudo, a complexidade para se dar significado a qualquer coisa que seja. Não vou me ater às peregrinações dos primeiros cristãos, verdadeiros hebreus, nômades, por todos os motivos que a maioria de nós cristãos já estudamos. Quero me deter no que vejo acontecendo à minha volta. Com gente que conheço. Com pessoas boas. Com cristãos tidos como sérios. Com homens e mulheres que não podem ser considerados neófitos, ingênuos, simplórios ou ignorantes.

Os cristãos, hoje, se empenham numa peregrinação estranha, pois, não havendo perseguição, nem lugares onde o evangelho não tenha chegado de um modo ou outro, o que até justificaria uma peregrinação, o que vemos? Vemos os cristãos peregrinando de uma comunidade local para outra. De um programa de TV para outro. De uma livraria evangélica para outra. De uma doutrina para outra. De um mover para outro. De uma unção para outra. De um jeito de ser para outro. De um ministério para outro. De um livro para outro. De um testemunho para outro. De um líder carismático para outro. De um monte para outro. Os cristãos estão...


segunda-feira, 17 de setembro de 2007

PAPAI: TUDO FOI MAIS QUE PERFEITO!...


Quando veio a notícia oficial de que o coração de papai tinha zerado, quem trouxe o informe foi um dos anjomeiros, o Gerilson, que se deitou sobre mim, me beijou, e disse: “Ele zerou”; e, então chorou...

[Foram 5 anjomeiros a cuidarem de papai; somente um era de igreja; os outros eram apenas tão humanos que criam pelas suas obras].

Logo depois que dei a notícias a todos, chegou o Dr. Marcel, o amigo e anjomédico. Os olhos dele estavam pra lá de tristes. Mas em mim havia outro sentimento... embora chorasse de consolação. Então o abracei e beijei, e disse: “Foi tudo perfeito. Perfeito. Tudo foi absolutamente perfeito!”.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

NOTA DE FALECIMENTO DE CAIO FÁBIO D’ARAÚJO

PAPAI VOLTOU PARA CASA E VIVE ALEGRE JUNTO AO PAI

Depois de morto ainda fala...” — Hebreus.

Depois de 40 dias na UTI do Hospital Santa Júlia, sendo tratado como um anjo e por anjos, tendo sobrevivido durante este período por total intervenção de milagres divinos e excelentes cuidados médicos e hospitalares, hoje, às 13 horas de Brasília [12 horas em Manaus] — partiu em paz como em paz viveu; e foi cercado de amor, conforme o muito amor com o qual ele a todos amou.

O corpo será velado a partir das 17 horas de hoje na Igreja Presbiteriana Central de Manaus [Rua Silva Ramos 493 esquina com Tarumã], na qual serviu como pastor por quase 25 anos, e como pastor emérito.

O sepultamento será amanhã às 16 horas no Cemitério São João Batista, na sepultura da família.

Nós da família agradecemos todo carinho e que a nós nos tem vindo de todos os modos e de todos os lugares.

Nosso agradecimento mais que especial ao doutor Marcel, que se entregou com o amor de um amigo; ao doutor Javier, que foi o cardiologista dele nos últimos anos; ao doutor Sarkis, dono do Hospital e que nos serviu com todo carinho e sem limites; e aos enfermeiros Hilton, Gerilson, Daniel, Miquéias, Batalha e outros, os quais se deram a ele com a força de quem amava.

Nossa família vive da fé; e, meu pai viveu mais ainda; de tal modo que nossa saudade já está plena de amor consolador.

Nele, em Quem a morte já não mata, mas apenas eleva,


Lacy,
Suely,
Ana Lúcia
Caio Fábio Filho,
e todos os netos e bisnetos de meu paizinho.

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

INFORMAÇÕES: Confraternização com Carlos Bregantim


INSCRIÇÕES ABERTAS!!!

VAGAS LIMITADAS

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Contribuir financeiramente

Por Caio Fábio

Contribuir é algo que muda a vida da gente. Muda as referências e prioridades. Altera a sensação de prazer e de realização. Subjuga o poder do Diabo como Dinheiro em nossa vida. Eleva os alvos da vida. Faz pensar nos outros; especialmente, muitas vezes, naqueles que nem conhecemos. E, entre outras coisas, nos põe no caminho da generosidade e da fé que lança o pão sobre as águas para só achá-lo depois de muito tempo...

E mais: contribuir assim, conforme acima expus, ativa o princípio espiritual da Vida; pois, Vida é dádiva, é doação, é Graça.

O paradoxo é que Jesus manda dar, dar sempre, medidas boas, volumes generosos, bem raspados, bem socados no saco para poder caber mais... — afirmando que isso nos fará entrar num ambiente no qual a Vida nos devolverá muito mais do que demos, se dermos sem esperar nada em troca. Ora, isso ao mesmo tempo em que Ele diz que a quem tem se lhe dará ainda mais...

Assim, como posso ter mais para receber mais, se o mais que eu tinha eu dei a outros, sem negócio e sem barganha?

O principio é simples:

Para Jesus o dar era equivalente a ter; pois, ao se dar com amor, investe-se numa...

domingo, 9 de setembro de 2007

DVD Caio Conta Tudo


video


FAÇA SUA RESERVA!!!

sábado, 8 de setembro de 2007

Caminho Consciência em Contagem


Encontros semanais aos domingos

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

A IDÉIA 51 DO SALMO 91: não pule, desça pela escada...

Por Caio Fábio

O salmo 91 por vezes parece ser a poesia mais triunfalista já produzida na Bíblia.

Chega mesmo a fazer os crédulos usarem-no como “espanta-bicho” [uma espécie de “Comigo Ninguém Pode”, aquela “plantinha mágica”], aberto em casa, de preferência à entrada da casa, na sala.

De outro lado, para os de alma oposta, não passa de um exagero de louvor aos cuidados de Deus pelo homem que Nele confia, mas que não guarda relação com a realidade da existência.

Na realidade o salmo em si não tem nenhum...

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Encontro "novas Estações" do Caminho da Graça

Atibaia/SP– novembro 2007



Correr atrás do vento

Por Riva Moutinho


Cada vez mais o mundo torna-se mais capitalista. Pessoas consomem, empresas produzem, enquanto a àrea de publicidade cria uma nova maneira de aumentar o consumo de algum produto.

Cada vez mais o mundo concretiza ou aprimora o conceito do “salve-se quem puder”. O conhecimento difere seres, a eficiência forma grupos “top” e em meio a tudo isso, a concorrência cresce destruindo muitos valores em troca do primeiro lugar ou do maior salário.

Esta competitividade que alimenta o egoísmo, o orgulho, o comportamento político e tantos outros males é proveniente de um mundo mergulhado nas profundezas abissais de um estado de não-Graça.

Mas desde quando alguém precisa competir com outro alguém?!

O Evangelho diz: “Tudo que vier a tua mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças.” (Ec. 9:10), observe que ele poderia dizer outra coisa, tipo: “tudo o que vier a tua mão para fazer, faze-o melhor do que o teu próximo faz.”, ou ainda, “tudo o que vier a mão do teu próximo, faze-o você usando todas as suas forças.” No entanto, o propósito de Deus não é criar separação entre suas criaturas e, sim, sua união. O que Ele deseja é que...

terça-feira, 4 de setembro de 2007

Um Encontro especial...

16 de setembro de 2007 às 19h


Um encontro para matar saudades...

Nosso querido pai-storzão e mano do coração Chico, estará na Estação BH, neste mês, para darmos e recebermos abraços, bater-papo e ouvir uma deliciosa mensagem do Evangelho.

Venha e traga um convidado!




LOCAL:
Buffet Gourmet
Av. José Cleto, 575 - sobre loja
Bairro Palmares
Belo Horizonte / MG
próximo a padaria A Cor do Pão

Para saber como chegar a Estação BH de ônibus, clique aqui e digite os endereços de origem (o seu) e o de destino (da Estação BH).

 
Powered by Blogger | Printable Coupons